Notícia

Keynote speaker John Hess irá tratar do conceito de Superfacilities

24/04/2018 10:27

O engenheiro de redes da CENIC (Corporation for Education Network Initiatives in California), John Hess, confirmou presença no WRNP este ano e será o keynote speaker do evento. Hess está à frente da iniciativa Pacific Research Platform (PRP), uma plataforma de computação de alto desempenho para colaboração científica na costa oeste dos Estados Unidos.

Hess irá tratar do conceito de SuperFacility, que geralmente envolve a conexão entre uma organização que opera um grande instrumento científico, como um telescópio ou um acelerador de partículas, por exemplo, e outras organizações que operam recursos de computação de alto desempenho (High Performance Computing, ou HPC), para o processamento desses dados. As Superfacilities costumam combinar elementos de rede como arquiteturas de DMZ Científica, redes definidas por software (SDN, na sigla em inglês) e ferramentas de monitoramento, como a perfSONAR.

Em sua apresentação, John Hess irá mostrar a arquitetura usada na plataforma, a operação dessa infraestrutura pela CENIC e os desafios técnicos em dois anos de atividades. Segundo o engenheiro de redes, existem planos de expandir o modelo da PRP, que nasceu em uma rede regional, para a escala nacional e internacional.

Criado em 2015, o projeto Pacific Research Platform foi fundado pela National Science Foundation (NSF) para atender às necessidades de pesquisadores da Califórnia e hoje é formado por mais de 20 instituições nos Estados Unidos, incluindo quatro centros de supercomputação.

O projeto dedica-se à operação de uma plataforma para transferências de dados fim-a-fim em alta velocidade, ao armazenamento de grandes volumes de dados, ao desenvolvimento de soluções de Big Data e aplicações científicas que funcionem de forma colaborativa. Também visa aproximar as equipes técnicas de operação de redes e grupos de pesquisa de diversas áreas, como física de partículas, astronomia, ciências biomédicas e computação.

A Pacific Research Platform serviu como modelo para o serviço de Processamento de Alto Desempenho Expresso da RNP (Padex), que atualmente interliga o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) e o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC). O objetivo será o processamento de dados gerados pelo projeto Sirius no supercomputador Santos Dumont.

Para saber mais sobre o Padex, visite o estande na área de expositores do WRNP 2018.